naoatorturars

Polícia apura “bicos” de PMs

In Saiu na imprensa on junho 10, 2010 at 12:24 pm

A investigação sobre a morte de um homem de 26 anos em uma boate de Porto Alegre, que teria sido provocada por disparos efetuados por policiais militares que trabalhavam como seguranças no local, retomou a discussão em torno dos “bicos” feitos por brigadianos durante os turnos de folga. Abaixo, matéria publicada no jornal Zero Hora desta quinta-feira, 10.

Polícia investiga “bico” de PMs

 

A empresa contratada para fazer a segurança na boate Roseplace, local onde se iniciou o tumulto que culminou na morte do universitário Wagner Boeira Cardoso, 26 anos, na madrugada de domingo, na Capital, seria gerenciada por policiais militares. A Polícia Civil investiga o chamado “bico organizado” dos PMs, uma atividade ilegal.

O gerente seria um dos PMs suspeitos de participar do crime, o soldado Diovani Pontes Bernardo, 39 anos. Lotado no 9° Batalhão de Polícia Militar (9°BPM), Bernardo chegou a ser detido, mas acabou solto. Ele foi afastado do policiamento e colocado para executar atividades administrativas na corporação.

O delegado responsável pelo caso, Arthur Raldi, apura a ligação do soldado com a empresa de segurança, que teria o nome da mulher do PM. Colegas do 9°BPM relataram que sabiam que ele e o soldado Thiago de Lima Garcia Vieira, autor do disparo que matou o estudante, trabalhavam como segurança nas horas de folga. Vieira, que usou armamento da BM para matar Cardoso, está preso. Zero Hora tentou contato com Bernardo, mas não o localizou.

A empresa não estaria regularizada, pois não aparece na lista do Grupamento de Supervisão de Vigilância e Guardas (GSVG), órgão da Brigada Militar que fiscaliza os serviços de vigilância armada e desarmada, monitoramento de câmeras, portarias e zeladoria.

– As casas noturnas precisam contratar empresas regularizadas, com profissionais cadastrados. Policiais da ativa são impedidos de exercer essa função. Não podem, e os donos de boate sabem disso – afirma o tenente-coronel Erlo Pitroski, comandante do GSVG.

Segundo o advogado do Roseplace, Marcelo Beck, o proprietário da casa noturna não se envolvia na escolha dos profissionais contratados pela empresa.

– Eles controlavam entrada e saída das pessoas, além de evitar confusões no estabelecimento. A condição do contrato foi que eles garantiriam a integridade física dos clientes e não usariam nenhuma arma. O fato ocorreu fora da boate – disse o advogado.

Para comandante da BM, baixo salário não é o único problema

 

A existência do bico organizado dentro da corporação foi admitido pelo comandante da Brigada Militar, coronel João Carlos Trindade.

– O bico existe e quando se organizam é pior ainda. Havia algo semelhante em Novo Hamburgo poucos anos atrás. Indiciamos mais de 15 PMs e alguns foram expulsos – afirma.

Para o oficial, o baixo salário dos policiais é apenas um lado da moeda.

– O empresário se interessa em contratar, pois os policiais garantiriam para eles o apoio da corporação para proteger o estabelecimento, além de evitar problemas trabalhistas e diminuir custos. Os empresários não podem contratar policiais, é ilegal – afirma.

Na tarde de ontem, a boate Roseplace foi interditada pela Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) por infringir o Código de Postura.

– Os donos de boate têm de saber que eles têm responsabilidade não só por quem frequenta a casa, mas também pelo entorno. Os empresários não podem se eximir da responsabilidade com relação a moral, higiene e segurança pública – disse o titular da Smic, Valter Nagelstein.

O alvará de funcionamento foi cassado. Segundo Nagelstein, os donos da boate têm até 15 dias para recorrer.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: